Alimentação & Receitas

A gastronomia alentejana foi, fortemente, influenciada pela cultura árabe. Através da análise de tratados de cozinha desta civilização encontra-se a referência às palavras ‘tarid’ ou ‘tarida’ que, em árabe, querem dizer pão mergulhado num caldo aromatizado e temperado com azeite. Pensa-se, então, ter nascido a tradicional açorda alentejana. 

A escassez de recursos e a simplicidade de sabores fez da açorda alentejana a sopa dos pobres, uma vez que era a forma de utilizar o pão mais velho e seco. Todavia, as açordas foram-se tornando mais ricas, com a adição de pescado, carne ou ovos, mas a alma não mudou: poejo, coentros, azeite e água a ferver.

Parte da identidade de um povo confere, hoje, à açorda alentejana um espaço de destaque na gastronomia Portuguesa. Delicie-se com a nossa receita culinária.

 

Ingredientes

  • 100 gr Bacalhau (peso edível);

  • 1 Ovo;

  • 75gr Pão de trigo e centeio;

  • 10mL Azeite;

  • 15gr Alho

  • Coentros q.b.

 

 

Preparação

Aconselha-se a não adição de sal.

 

Sugestão de confecção:

  • Demolhar muito bem o bacalhau. Cozer o bacalhau e reservar a água da cozedura.

  • Pisar o alho, os coentros e o sal.

  • Colocar esta massa num recipiente, juntamente com o azeite.

  • Verter a água da cozedura do bacalhau, coada, sobre a massa de alho e coentros.

  • Cortar o pão às fatias e reservar.

  • Colocar, num prato, as fatias de pão, o bacalhau e o ovo.

  • Verter o caldo de alhos e coentros sobre o pão, o bacalhau e o ovo.

  • Cuidados adicionais na preparação: 

  • Demolhar muito bem o bacalhau.

 

Composição nutricional Dose Individual
Valor Energético (Kcal) 464 (Kcal)
Proteína 34 gr
Potássio 276 mg
Fósforo 330 mg

 

Nota: valores estimados de acordo com a tabela de composição de alimentos portuguesa – INSA 2003.

Publicado: portaldadialise | 2017-03-05 00:00 Última atualização: 2017-03-05 17:29:35 Fonte: Brígida Velez, Nutricionista – Serviço de Nutrição da Diaverum Tags : Alimentação, Receita
Partilhar:
Portal da Diálise

"Privilegia informação clara sobre a doença renal, assentando numa base de conhecimentos científicos actualizados"

Artigos Relacionados
Comentários