Alimentação & Receitas

 

Os três princípios gerais dos cuidados alimentares na hemodiálise serão:

  • comer a quantidade de energia/calorias e de proteínas para satisfazer as necessidades diárias e compensar as perdas associadas ao tratamento dialítico;

  • controlar a ingestão dos alimentos com maior teor de fósforo e de potássio, de modo a manter os seus níveis sanguíneos dentro do valores recomendados e que são mais seguros para si;

  • controlar o consumo de líquidos e de alimentos com sal, de modo a gerir melhor a sede, a evitar que os ganhos de peso entre as sessões de hemodiálise sejam maiores que 4% do peso seco reduzindo assim o risco de problemas cardiovasculares.

 

Um acompanhamento nutricional individualizado e contínuo pelo nutricionista/dietista será sempre a melhor forma de garantir que a ingestão alimentar seja ajustada às necessidades nutricionais e energéticas de cada um, evitando restrições alimentares desnecessárias e contribuindo para uma maior variedade alimentar, melhor estado nutricional e qualidade de vida.

 

Normalmente não há necessidade de fazer restrição de potássio na diálise peritoneal cerca de 30% do potássio ingerido é excretado através das fezes e os restantes 70% são eliminados pela urina e dialisato. Apenas em caso do potássio estar elevado é que se deve fazer uma restrição de alimentos ricos em potássio na dieta.

 

 

Carpaccio de Ananás

  • 1 ananás dos açores;

  • 1 colher de sopa de grãos de pimenta rosa;

  • 5 folhas de manjericão fresco;

  • 1 pitada de flor de sal.

 

Lamine o ananás em rodelas muito finas e disponha sobre uma travessa. Escolha cerca de 6 fatias de ananás, junte as folhas de majericão, os grãos de pimenta e o sal e triture com a varinha mágica, ligeiramente. Leve ao lume e deixe ferver um pouco. Passe a calda num passador. Pode acrescentar, caso pretenda a calda mais consistente,  2 colheres de sopa da polpa à calda de pois de coada. Deixe arrefecer e regue o ananás.

Reserve no frio, até ao momento de servir.

 

Fruta da Época

 

 

Nota:

Não deve prescindir do apoio do seu dietista/nutricionista que o auxiliará a conhecer os alimentos mais ricos em potássio, quais os recomendados e quais a porções indicadas, adequadas e seguras para si, no seu dia-a-dia, com especial atenção e cuidado no período em que fica mais tempo (fim de semana) sem fazer hemodiálise.

 

Publicado: Mataloto | 2018-04-09 11:53 Última atualização: 2018-06-11 10:58:59 Fonte: Tags : Alimentação, Doces & Sobremesas, Fruta, Receita
Partilhar:
Cláudia Silva Mataloto

 

A "Fruta da Época", mais do que uma marca e do que uma rubrica no nosso portal, é um estilo de vida que vai conquistar todos aqueles que valorizam uma alimentação saudável, tendo por base a fruta, consumida de preferência na sua época de frutificação.

A fruta pode ser consumida de diferentes formas e não apenas crua. Em pratos salgados, doces ou em bebidas. A criatividade e a sua conjugação com outros ingredientes podem fazer do seu consumo uma agradável experiência, mesmo para quem não seja adepto deste tipo de alimentos, em particular as crianças. As receitas da "Fruta da Época" vão mostrar-lhe que uma fruta não é apenas uma fruta, mas sim uma experiência deliciosa que pode ser partilhada.

Artigos Relacionados
Comentários