Alimentação & Receitas

Os doentes em diálise têm necessidades acrescidas de proteínas, como qualquer peixe, a sardinha é uma fonte de proteínas de alto valor biológico. 

A sardinha é considerada um peixe gordo e nutritivo, dado que cerca de 50% da sua composição energética é de gordura e 50% de proteína, pois não possuiu hidratos de carbono. Por conseguinte, a maioria da gordura deste peixe é insaturada, sendo uma boa fonte de ómega-3 (5g/100g), que são ácidos gordos importantes para a saúde cardiovascular. Por ser um peixe muito nutritivo também apresenta valores de sódio, potássio e de fósforo ligeiramente superiores a outras variedades de peixe. Diaverum

 

Ingredientes (quantidade por pessoa)

  • 2 sardinhas Médias (55g cada)

  • 1/2 Fatia de Broa de milho (40g)

  • 1 batata sem pele (80g)

  • 2 rodelas de tomate (20 g sem pele, sem sementes)

  • 8 tiras pimento assado

  • 1 rodela de cebola

  • 4 rodelas de pepino

 

 

Composição nutricional Por pessoa
Valor Energético (Kcal1684) 315.7 (Kcal)
Potássio 990.5 mg
Fósforo 381 mg
Sódio 557 mg

 

 

Preparação

  • comece por colocar cozer a batata, tendo em consideração as recomendações para diminuição do teor de potássio;

  • coloque o pimento e as sardinhas na brasa, previamente temperada (com pouco sal), e aguarde até ficar bem assada;

  • em seguida, retire-as para uma travessa e corte o pimento, a cebola, o pepino e o tomate (sem pele e sem sementes) para uma taça;

  • tempere a gosto, sem sal.

 

Publicado: portaldadialise | 2016-06-27 00:00 Última atualização: 2017-07-16 19:18:02 Fonte: Tags : Receita
Partilhar:
Portal da Diálise

"Privilegia informação clara sobre a doença renal, assentando numa base de conhecimentos científicos actualizados"

Comentários